NOTA DE PESAR: DOIS ANOS SEM MARIELLE

Categoria(s):  NOTAS, Notícias, Últimas Notícias   Postado em: 14/03/2020 às 08:19

Há dois anos a democracia brasileira e a política carioca sofriam um duro golpe: a vereadora, militante da defesa dos direitos humanos, Marielle Franco, era brutalmente assassinada. De lá para cá, a investigação avançou, porém a pergunta “quem mandou matar Marielle”, nunca foi respondida.

Os quatro tiros que levaram a vida de Marielle e do motorista Anderson Gomes na noite de 14 de março de 2018 pretendiam silenciá-la para sempre. Porém, ao contrário de silêncio, a morte desta mulher negra, lésbica e favelada se transformou num símbolo internacional contra a opressão racial, de gênero e de orientação sexual.  Marielle se tornou um ícone para todas as pessoas que defendem os direitos humanos.

No Rio, quebraram a placa com seu nome, em mais uma tentativa de silenciá-la. Mas, Marielle é fênix e ressurge a cada golpe.

O CRP-RJ e todos os que militam em favor dos desfavorecidos desta sociedade são também Marielle. Ela se transformou no coração da luta. Marielle é justiça para todas e todos. Marielle é respeito; é dignidade; é uma sociedade mais justa e igualitária. E ninguém a cala mais, porque ela virou uma voz muito maior quando tentaram silenciá-la.

marielle (1)