Pré-Congresso movimenta Belford Roxo e elege 10 delegadas (os) para o COREP

Categoria(s):  BAIXADA, COREP, Notícias   Postado em: 12/03/2019 às 15:18
belford roxo 2

Noeli (ao microfone), Gabriela e Maria Luisa

O CRP-RJ realizou mais um Pré-Congresso Regional de Psicologia na Baixada, desta vez no município de Belford Roxo, que teve o seu primeiro Pré-Congresso na história da Psicologia na Baixada. O evento aconteceu no dia 19 de fevereiro no auditório II da UNIABEU e foi conduzido por Vanda Vasconcelos Moreira (CRP 05/6065), integrante da Comissão Gestora da Subsede do CRP-RJ na Baixada, e por Viviane Siqueira Martins (CRP 05/32170), conselheira-secretária do CRP-RJ, ambas membros da Comissão Organizadora do 10º Congresso Regional de Psicologia do Rio de Janeiro (COREP).

Antes da instalação do Pré-Congresso, aconteceu uma mesa temática sobre “Saúde do trabalhador”, mediada por Gabriela de Araújo Braz dos Santos (CRP 05/56462), psicóloga clínica e colaboradora do CRP-RJ na Subsede Baixada. As palestrantes foram Maria Luisa Rodriguez (CRP 05/25904), membro da Escola de Psicanálise dos Fóruns do Campo Lacaniano e do Colegiado de Formações Clínicas do Campo Lacaniano do Rio de Janeiro e professora e supervisora clínica do curso de Psicologia da UNIABEU, e Noeli de Almeida Godoy (CRP 05/24995), professora UNIABEU e doutoranda em Psicologia com ênfase em Trabalho e Clínica da Atividade pela UFF.

Maria Luisa iniciou sua fala destacando o cenário atual do mundo do trabalho no Brasil e apontando como o crescimento acentuado do trabalho informal no país nos últimos anos afeta as (os) trabalhadoras (es). “Segundo o IBGE, cerca de 2/3 da população economicamente ativa desenvolve suas atividades de trabalho no mercado informal”, enfatizou.

Maria alertou, também, sobre a “relação de trabalhos típicos de escravismo”, práticas que, segundo a psicóloga, ainda existem no país. “As marcas do regime servil podem ser observadas em peculiaridades da nossa sociedade, por exemplo, o trabalho feito por troca de favores”, disse.

belford roxo 3

Delegação eleita em Belford Roxo

Noeli Godoy lembrou a luta que o Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro (SINDPSI) vem travando já há alguns anos contra a limitação do trabalho das (os) psicólogas (os) dentro do ambiente empresarial/organizacional. “Sabemos que o psicólogo organizacional, quando está empregado em alguma empresa, sua carteira de trabalho é assinada como ‘analista de RH’, não como psicólogo”, observou.

Ao prosseguir com a sua fala, Noeli citou Georges Canguilhem para expressar o que chamou de “conceito de saúde”, explicando que “saúde é quando você tem essa capacidade criadora de se sentir melhor na relação com o meio, então você não é adaptador, você é criador da sua existência”.

Ao término da mesa, deu-se início ao Pré-Congresso com a instalação da mesa-diretora, que procedeu à leitura do Regimento Interno do evento, aprovado na sequência pelas (os) psicólogas (os) presentes.

Em seguida, aconteceu a eleição de delegadas (os) para o COREP. Foram eleitas (os) dez delegadas (os), dois suplentes, um estudante e um suplente. Ao final, foi aberta a votação de propostas. Ao todo, foram apresentadas e votadas 16 propostas, 11 delas aprovadas com modificações, três, aprovadas na íntegra e outras duas, suprimidas.