Pré-Congresso de Três Rios elege seis delegadas (os) e aprova 19 propostas para o COREP

Categoria(s):  COREP, Notícias   Postado em: 07/02/2019 às 14:47
IMG_5782

Conselheiro-presidente do CRP-RJ durante o evento em Três Rios

Pela primeira vez, o CRP-RJ sediou um evento no município de Três Rios, o Pré-Congresso foi o primeiro dos planejados para a região. Com participação de psicólogas (os) e estudantes da região, o evento aconteceu no auditório da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro.

O encontro começou com a mesa temática “Novas práticas e valorização profissional”, proferida pelo conselheiro-presidente do CRP-RJ Rodrigo Acioli Moura (CRP 05/33761). Segundo ele, “a chegada de novos conhecimentos, ferramentas de trabalho e tecnologias gera curiosidades e interesses, tanto por parte da população, quanto por profissionais que já começam a utilizá-los em suas práticas. Essas novas práticas sempre geram discussões sobre suas aplicabilidades e quem poderia aplicá-las. Foi assim com a discussão sobre o uso da acupuntura, hipnose, EMDR, florais. E ainda hoje é assim com a discussão sobre coaching, bio e neurofeedback, uso das tecnologias nos atendimentos”.

“Somando os novos saberes e os velhos preconceitos, que já diminuíram bastante, mas que ainda existem sobre a Psicologia, cabe aos Conselhos, por meio de suas atividades fins, orientar os profissionais e a sociedade sobre a atuação. Atividade essa, que por si só, é um trabalho de valorização da profissão”, declarou o presidente do CRP-RJ.

Rodrigo Acioli usou como exemplo a prática de coaching, um tema que “já está há muito tempo batendo em nossa porta”. “Existe o entendimento geral de que alguns profissionais de coaching invadem a área da Psicologia, utilizando muitas vezes técnicas da Psicologia sem serem psicólogos”, afirmou ele, lembrando, que o coaching é uma prática sem regulamentação e destacando o posicionamento do Sistema Conselhos de Psicologia em relação à temática. “Profissionais de Psicologia podem fazer formação em coaching, não há problema algum, só é preciso que a prática caminhe em paralelo com o Código de Ética e, se houver alguma ação que vá contra o Código, que ela não seja aplicada”, ponderou.

IMG_5804

Mesa diretora que conduziu os trabalhos durante o Pré-Congresso

A conselheiro também falou sobre a diversidade de práticas clínicas na Psicologia. “Cabe a todos nós falar da diversidade de práticas psicoterápicas sem julgar ou discriminar nenhuma linha terapêutica. Por isso, falamos em psicoterapia como um todo, sem especificar ou priorizar uma abordagem terapêutica específica”, revelou. “Todas linhas teóricas são benéficas, cabe aos psicólogos aplicá-las com qualidade e ética”.

Após a mesa temática, foi dado início a segunda parte do evento. A psicóloga e integrante da Comissão Organizadora do COREP-RJ Francyne dos Santos Andrade (CRP 05/55825) deu início ao Pré-Congresso. Foi, então, eleita a mesa diretoria e também feita a leitura e aprovação, pelas (os) presentes do Regimento Interno do evento.

Na sequência, houve a eleição de delegados para o Congresso Regional da Psicologia do Rio de Janeiro (COREP), que acontecerá entre 5 e 7 de abril. Foram eleitas (os) seis delegadas (os) e dois suplentes, além de um delegado estudante e outro suplente.

Ao final, foram votadas 21 propostas, seis delas enviadas previamente pela categoria por e-mail e o restante apresentada pelas (os) profissionais presentes no Pré-Congresso. Quatro dessas propostas foram aprovadas na íntegra, 15 delas foram aprovadas com modificações e duas, suprimidas.

Além de Três Rios, o Centro-Sul Fluminense receberá mais um Pré-Congresso, na cidade de Vassouras no dia 22 de fevereiro. Clique aqui e saiba mais.