Nota de Falecimento de Ecléa Bosi

Categoria(s):  Notícias   Postado em: 11/07/2017 às 14:57

A Psicologia perdeu uma de seus grandes expoentes na luta pelos Direitos Humanos

É com pesar que o Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro comunica o falecimento da psicóloga Ecléa Bosi, confirmado nesta segunda-feira, 10 de julho, pela Universidade de São Paulo (USP), onde era professora emérita do Instituto de Psicologia.

Ecléa dedicou sua carreira à Psicologia Social e à luta pelos Direitos Humanos. Ela foi a criadora do Programa Universidade Aberta a Terceira Idade que, há 23 anos, promove a valorização e a inclusão da terceira idade na vida acadêmica, oferecendo cursos gratuitos aos maiores de 60 anos.

EcleaBosi_2

Foto reproduzida pelo site do CFP

A contribuição de Ecléa Bosi para a Psicologia e para a sociedade em geral é reconhecida internacionalmente, o que pode ser medido pelos diversos prêmios que recebeu durante sua trajetória profissional e acadêmica.

Destaca-se o Prêmio Internacional Ars Latina em 2009 pelo conjunto de sua obra; o Prêmio Averroes 2011 pelos estudos sobre memória e sociedade e pelo pioneirismo do programa Universidade Aberta à Terceira Idade; e a Láurea Loba Romana, entregue a italianos e descendentes que se destacaram pela atuação social, econômica e cultural e contribuíram para o estreitamento das relações entre Brasil e Itália.

Em 2011, Ecléa Bosi também foi homenageada pela revista “Psicologia Ciência e Profissão”, do Sistema Conselhos de Psicologia.

O CRP-RJ reconhece as contribuições memoráveis que Ecléa Bosi deixa como herança de uma vida dedicada à profissão e à militância pelos Direitos Humanos.