I Seminário “Psicologia na Educação: o que o professor demanda e o que a Psicologia produz?” acontece no Rio

Categoria(s):  EDUCAÇÃO, MEDICALIZAÇÃO, Notícias   Postado em: 27/05/2015 às 10:58

Promovido pelo CRP-RJ, em parceria com o Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro e a Universidade Federal do Rio de Janeiro, o I Seminário “Psicologia na Educação: o que o professor demanda e o que a Psicologia produz?” foi realizado nos dias 22 e 23 de maio no auditório do Centro Brasileiro de Altos Estudos (CBAE), localizado no Flamengo, Rio de Janeiro.

Reunindo mais de 220 participantes, o evento foi uma etapa preparatória para o XII Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional (XII CONPE), que acontecerá de 24 a 27 de junho em São Paulo.

Além das diversas conferências e mesas de debates, a programação do evento teve um espaço reservado para apresentação e discussão entre profissionais e estudantes de acordo com três eixos temáticos: Eixo 1 – A Psicologia na formação de professores; Eixo 2 – A formação da (o) psicóloga (o) escolar; e Eixo 3 – A produção da queixa escolar.

educ 1O evento teve transmissão ao vivo e on-line por meio da Rede HumanizaSUS. Assim, aqueles que não estiveram presentes, puderam acompanhar as mesas de debates e enviar perguntas e comentários para as (os) palestrantes.

A organização do evento também investiu na acessibilidade, contando com tradução simultânea de Libras (Língua Brasileira de Sinais) e garantindo, assim, a participação de profissionais surdos em todas as mesas de debates e grupos de trabalho.

Programação

O I Seminário teve início na manhã do dia 22 com uma mesa institucional que contou com a participação de Helena Rego Monteiro, conselheira-presidente da Comissão de Psicologia e Educação do CRP-RJ, Marinaldo Santos Silva, presidente do Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro, e Francisco Portugal, professor do Instituto de Psicologia da UFRJ.

Helena destacou que o evento, como etapa preparatória para o XII CONPE, representa uma oportunidade importante para as (os) participantes debaterem propostas para serem levadas ao CONPE como propostas das (os) profissionais do Rio de Janeiro para a área da Educação.

Marinaldo, por sua vez, ressaltou a parceria estratégica firmada entre o CRP-RJ e o SindPsi na luta pela defesa dos interesses das (os) psicólogas (os), enfatizando a participação do Sindicato na Comissão de Psicologia e Educação do Conselho e no Fórum sobre a Medicalização da Educação e da Sociedade.

Francisco agradeceu a parceira do CRP-RJ e do SindPsi na organização do evento e, a seguir, discorreu brevemente sobre a precária e difícil situação da Educação no Brasil em todos os níveis, desde o ensino infantil até o superior.

Em seguida, teve início a primeira atividade do evento, a oficina e debate “Psicologia na Educação: o que dizer sobre nossas ações?, ministrada pela psicóloga e professora da USP Adriana Marcondes Machado.

Na parte da tarde, houve duas mesas de debates. A primeira, “Ensino de Psicologia na Educação: o que dizem as ementas, o que produzem as teorias?”, foi mediada por Aline Lage, colaboradora da Comissão de Psicologia e Educação do CRP-RJ, e teve como palestrantes Fernanda Insfran (UFF), Diva Conde (UFRJ) e Rosimeri Dias (UERJ/FFP). A segunda, intitulada “A produção da queixa escolar”, foi composta por Claudio Peixoto (USS/Vassouras), Katia Aguiar (UFF) e Marina Sodré (PROINAPE/NIAP/SME) e mediada por Mariana Fiore, colaboradora da Comissão de Psicologia e Educação do CRP-RJ.

Segundo dia

No começo do segundo dia, os participantes escolheram um eixo temático para discussão e foram divididos em três grupos de trabalho de acordo com os eixos: Eixo 1 – A Psicologia na formação de professores; Eixo 2 – A formação da (o) psicóloga (o) escolar; e Eixo 3 – A produção da queixa escolar. educ 2

Os participantes de cada grupo de trabalho debateram questões afeitas a cada eixo e, a partir dessa discussão, elaboraram três relatórios que foram encaminhados para a plenária final do evento, quando foram compilados num único relatório que será apresentado durante o XII CONPE pela Comissão de Psicologia e Educação (COMPSIEDUC) do CRP-RJ.

Na parte da tarde, teve início a mesa “Ensino de Psicologia Escolar: conteúdos revelam práticas ou práticas revelam conteúdos?”, mediada por Francisco Portugal (UFRJ) e com participação de Ângela Fernandes (UFPB), Marilene Proença (USP) e Beatriz Sancovschi (UFRJ).

Em breve, os vídeos das mesas de debates estarão disponíveis em nosso canal do Youtube. Fique ligada (o)!

Maio de 2015