CRP-RJ promove “Tecendo Redes” na Universidade Estácio de Sá de Nova Iguaçu

Categoria(s):  BAIXADA, Notícias, Últimas Notícias   Postado em: 05/07/2017 às 14:43

baixada 1.1O Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro, através da sua Comissão Gestora na Baixada Fluminense, promoveu, no dia 27 de junho, o evento “Tecendo Redes” no campus Nova Iguaçu da Universidade Estácio de Sá (UNESA). O evento foi motivado pela cerimônia de entrega das carteiras de identidade profissional (CIP) às (aos) psicólogas (os) novas (os) inscritas (os) e que, a partir de então, estarão aptas (os) a exercer a profissão.

Marcaram presença a conselheira-presidente da Comissão Gestora da Baixada Mônica Sampaio (CRP 05/44523), a conselheira do CRP-RJ Viviane Martins (CRP 05/32170), a colaboradora do CRP-RJ Liliane Gasperin (CRP 05/39759), a representante do Sindicato dos Psicólogos do Estado do Rio de Janeiro Sueli Martins da Silva (CRP 05/27320) e o coordenador do curso de Psicologia da UNESA de Nova Iguaçu, Ralph Mesquita (CRP 05/8923).

O evento iniciou com as boas vindas do professor Ralph Mesquita. A seguir, a psicóloga Viviane Martins explicou o funcionamento do Sistema Conselhos de Psicologia para as (os) novas (os) profissionais. A conselheira do CRP-RJ destacou a importância dos Congressos Nacional (CNP) e Regional (COREP) de Psicologia, que acontece a cada três anos a partir da ampla mobilização da categoria.

“Espero que vocês, novos profissionais, e até mesmo os estudantes e demais psicólogos da rede de serviços aqui presentes, se aproximem do CRP e que mantenham essa relação próxima. Temos que nos mobilizar e participar, pois o CRP somos nós e faz parte das lutas que travamos para uma sociedade melhor”, ressaltou Viviane.

RJ. “O CRP, por meio da sua subsede na Baixada, não tem um papel somente para com o psicólogo; nós temos um papel político e social para com a comunidade na Baixada. Nós nos importamos com a problemática à nossa volta, pois tudo de alguma forma perpassa nossas práticas dentro da Psicologia. No atual estado político e social que vivemos no Brasil, com as mais diversas situações que nos adoecem, o papel do psicólogo é de suma importância para a sociedade. E quero dizer pra vocês, o CRP não está lá, distante, o CRP sou eu e você. É quem faz acontecer na nossa categoria, é quem está presente nas lutas da nossa sociedade”.

Liliane Gasperin, representante da COF, trouxe informações importantes sobre as principais resoluções do Conselho Federal de Psicologia que regem a profissão, esclarecendo diversas dúvidas das (os) novas (os) profissionais. “Não tenham receio de nos procurar, de esclarecer todas as suas dúvidas conosco. Busque orientação se tiverem dúvidas. Por exemplo, laudos pouco fundamentados são a maior fonte de reclamações contra psicólogos, hoje, no Conselho. Esse é um problema que pode ser minimizado quando o profissional busca um esclarecimento”, explicou a psicóloga. Liliane permaneceu até o fim do evento esclarecendo dúvidas como atendimento on-line, material de divulgação do psicólogo, coaching, entre outras.

baixada 1.2Suely Martins explicou a diferença entre as atuações do Conselho e do Sindicato. “O Sindicato existe para atuar junto às questões trabalhistas dos psicólogos. Somos diferentes do Conselho, que tem, entre outras funções, a missão de regulamentar e fiscalizar o exercício da profissão. Trabalhamos juntos em prol da Psicologia, mas atuamos em campos diferentes”.

Durante o evento também houve o lançamento do livro “SAÚDE MENTAL E OS DESAFIOS ATUAIS DA ATENÇÃO PSICOSSOCIAL”, de autoria das psicólogas e professoras da UNESA Rosane de Albuquerque Costa e Fernanda Gonçalves da Silva.

Por fim, houve a entrega de CIP pela qual a plateia aguardava ansiosa: as (os) novas (os) psicólogas (os) receberam seu registro profissional, que lhes permite o exercício legal da profissão.

As coberturas das atividades desenvolvidas pelo CRP-RJ na Baixada estão disponíveis em nosso site pelo link: www.crprj.org.br/site/category/baixada/.