CRP-RJ presente em audiência pública sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais de Psicologia

Categoria(s):  ESTUDANTES, Notícias   Postado em: 19/11/2019 às 14:33
DCN

Representantes da Psicologia na audiência pública

O CRP-RJ marcou presença, no dia 7 de novembro, em Brasília, em uma audiência pública no Conselho Nacional de Educação (CNE) sobre as novas Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Graduação em Psicologia (DCNs). Representaram o CRP-RJ Mônica Valéria Affonso Sampaio (CRP 05/44523), conselheira vice-presidente, e Júlia Horta Nasser (CRP 05/33796), conselheira-secretária. Além do CRP-RJ, estiveram presentes também representantes do Conselho Federal de Psicologia, da Associação Brasileira de Ensino de Psicologia (ABEP), da Federação Nacional dos Psicólogos (FENAPSI), entre outas entidades da Psicologia.

A audiência teve o objetivo de concluir as discussões sobre o documento referência das novas DCNs e colher subsídios para a deliberação do texto pelo colegiado do CNE. Agora, as contribuições dadas ao texto durante a audiência serão debatidas e votadas na Câmara de Ensino Superior do Ministério da Educação (MEC). Em seguida, o texto final das DCNs será encaminhado para homologação e publicação no Diário Oficial da União (DOU). As instituições de ensino terão dois anos, a contar da data de publicação no DOU, para se adaptar às novas regras.

As DCNs estabelecem, em âmbito nacional, os princípios, os fundamentos, as condições de oferta e os procedimentos para o planejamento, a implementação e a avaliação deste curso no ensino superior brasileiro (público e privado). Por isso, o debate sobre as novas diretrizes curriculares é fundamental para pensar a formação ética, técnica e científica das (os) futuras (os) psicólogas (os) brasileiras (os).

“Nossa contribuição na audiência pública foi pautar alguns aspectos que consideramos importantes, mas não foram contemplados no documento apresentado. Aspectos estes que pensamos ser imprescindíveis para a formação do psicólogo e para a construção da Psicologia como ciência e profissão”, diz Mônica Sampaio, que falou em nome do CRP-RJ durante a audiência.

O CRP-RJ está implicado neste processo de debates e, no primeiro trimestre de 2018, promoveu, em parceria com o Núcleo Rio de Janeiro da ABEP, cinco encontros pelo estado do Rio de Janeiro, todos abertos à participação de psicólogas (os), docentes e estudantes, para debater democraticamente a proposta de reformulação das DCNs.

Com informações do site do CFP.