Criação do Núcleo Nova Friburgo da Comissão de Estudantes é debatida

Categoria(s):  ESTUDANTES, Notícias, REGIÃO SERRANA   Postado em: 23/07/2019 às 10:47

IMG_20190629_102455417A Universidade Estácio de Sá de Nova Friburgo sediou, no dia 29 de junho, uma reunião com integrantes da Comissão Gestora do CRP-RJ na Região Serrana com a finalidade de oficializar o núcleo da Comissão de Estudantes no município.

Estiveram presentes o conselheiro-coordenador da Comissão Gestora, Ismael Eduardo Machado Damas (CRP 05/42823), a colaboradora do CRP-RJ na região Victoria Antonieta Tapia Gutierrez (CRP 05/20157) e a estudante Vanessa Jabour Moreira Rodrigues, representante da Comissão de Estudantes em Petrópolis.

O encontro reuniu também os estudantes de Psicologia de Nova Friburgo: Ana Clara Friz Ramos (3° período), Bárbara Calderaro (4º período), Lucas Martins Freitas (5° período), José Leonardo Torres, Manoela Vasconcelos Barbi (4ºperíodo), Maria Paula da Silva Carvalho (4º período), Matheus Breder Coutinho Hille (9° período), Paloma da Silva Queiroz (5° período), Romulo Alves de Silva (3° período) e Viviane da Conceição Carneiro (5° período).

No encontro, o conselheiro Ismael explicou a função da Comissão de Estudantes e a importância do movimento estudantil junto ao Conselho. Também revelou que estudantes e conselheiros de outras localidades do estado do Rio de Janeiro estão se empenhando para que a Comissão de Estudantes possa expandir-se para outras regiões, tornando-se um projeto estadual.

A colaboradora Victoria Gutierrez falou sobre o papel dos estudantes dentro da Comissão, apresentando suas atribuições, responsabilidades e compromissos. Além disso, enfatizou que os núcleos de Nova Friburgo e Petrópolis fazem parte de uma comissão integrada, ligada à Comissão Gestora do CRP-RJ na Região Serrana, de modo que as ações sejam construídas e executadas coletivamente, respeitando as especificidades de cada território.

“Através da parceria entre o CRP-RJ e as universidades, reafirma-se o compromisso do Sistema Conselhos em expandir o diálogo com a categoria, possibilitando a aproximação e participação desta desde sua formação e atuando de modo a tornar o Conselho um espaço de construção da Psicologia cada vez mais democrático, diversificado e representativo”, afirmou Ismael Damas.