CFP é recebe premiação do Ministério dos Direitos Humanos

Categoria(s):  DIREITOS HUMANOS, IDENTIDADE TRANS, Notícias   Postado em: 26/11/2018 às 15:17

cfp premioA Psicologia faz toda a diferença!

O Conselho Federal de Psicologia recebeu, no dia 21 de novembro, no Ministério dos Direitos Humanos, em Brasília, o “Prêmio Direitos Humanos 2018” na categoria “Diversidade sexual e de gênero (LGBTI)”, pela defesa da Resolução 001/99 e pela criação da Resolução 001/2018.

A premiação representa uma importante reconhecimento da atuação de todo o Sistema Conselhos de Psicologia na promoção e garantia dos Direitos Humanos da população LGBTI. E o CRP-RJ tem participação nesse processo, compondo o Grupo de Trabalho Nacional de Diversidade Sexual e de Gênero.

O presidente do CFP, Rogério Giannini, recebeu o prêmio e falou da importância do reconhecimento pela atuação do Conselho nas questões LGBTI, principalmente na atual conjuntura. “Entendemos que este é o momento para reafirmar nosso compromisso com a redução da desigualdade social e com o enfrentamento aos discursos de ódio, que produzem violências articuladas a políticas de medo”, declarou.

Também representando o CFP, participaram da cerimônia o conselheiro-secretário do CFP Pedro Paulo Bicalho e a coordenadora da Comissão de Direitos Humanos do Conselho, Ana Luiza Castro. “Este prêmio indica que as resoluções que construímos, e permanentemente defendemos, são compreendidas pelo Estado brasileiro como importantes instrumentos na promoção dos direitos humanos. O prêmio aponta que a Psicologia brasileira é reconhecidamente uma profissão de luta”, enfatiza Pedro Paulo.

O Prêmio Direitos Humanos foi criado em 1995, pelo Governo Federal, a pessoas e organizações cujos trabalhos em prol dos direitos humanos sejam merecedores do reconhecimento e destaque por toda a sociedade.

A Resolução 001/1999 veta psicólogas (os) de desenvolverem práticas de patologização da homossexualidade e a recente Resolução 001/2018 proíbe a patologização das travestilidade e transexualidade no âmbito da Psicologia.

Com informações do site do CFP.