Cerca de 200 delegadas (os) de todo o estado do Rio reúnem-se no 10º COREP para debater 296 propostas

Categoria(s):  COREP, Notícias   Postado em: 08/04/2019 às 16:07

No fim do evento, 29 psicólogas (os) foram eleitas (os) para representar o Rio no CNP.

O CRP-RJ promoveu, entre os dias 5 e 7 de abril, no Centro do Rio de Janeiro, a 10ª edição do Congresso Regional da Psicologia do Rio de Janeiro (COREP), reunindo um número recorde de delegadas (os) vindas (os) de municípios de todas as regiões do estado. Em três dias de evento, aproximadamente 200 delegadas (os), entre psicólogas (os) e estudantes, debateram e votaram as 296 propostas aprovadas durante a etapa anterior, os Pré-Congressos, ocorridos entre dezembro de 2018 e fevereiro deste ano.

Iniciando o evento na noite do dia 5, Rodrigo Acioli Moura (CRP 05/33761), conselheiro-presidente do CRP-RJ, deu as boas-vindas às (aos) presentes e afirmou que “o processo de realização dos Pré-Congressos e do COREP confirma o quão democrática é a forma de organização da nossa profissão. Temos aqui representantes de diversos municípios de todas as regiões do estado do Rio de Janeiro, cada qual trazendo suas experiências e contribuições para o debate”.

 

IMG_6739

Delegadas (os) aprovam o Regimento Interno do COREP

“Nosso objetivo foi promover a mobilização das psicólogas e psicólogos do Rio de Janeiro, garantindo uma participação direta no processo de definição das deliberações para o Sistema Conselhos de Psicologia para os próximos três anos e favorecendo o protagonismo do profissional no fortalecimento da Psicologia como ciência e profissão”, destacou, por sua vez, Marilia Alvares Lessa (CRP 05/1775), conselheira-coordenadora da Comissão Organizadora (COMORG) do 10º COREP.

Após a mesa de abertura, foi feita a eleição da mesa diretora para condução dos trabalhos durante o COREP, tendo sido eleitas as psicólogas Roseli Goffman (CRP 05/2499) como presidente, Júlia Horta Nasser (CRP 05/33796) como relatora e Janaína Sant’Anna (CRP 05/17875) como secretária.

Em seguida, o Regimento Interno do 10º COREP foi lido, votado e aprovado com modificações pela plenária, que elegeu também uma comissão eleitoral para acompanhar a apuração do processo de eleição das (os) delegadas (os) para o Congresso Nacional da Psicologia (CNP), que acontecerá entre 30 de maio e 2 de junho em Brasília.

GRUPOS DE TRABALHO

O 2º dia do 10º COREP foi marcado pelo debates das propostas. As (os) delegadas (os) dividiram-se em quatro grupos de trabalho para apreciar e aprovar as propostas a serem enviadas para votação final no CNP.

IMG_6947Cada grupo de trabalho reunia as propostas nacionais pertinentes a um dos três eixos temáticos do COREP, que são: Eixo 1 – Organização democrática e representativa do Sistema Conselhos, Eixo 2 – O diálogo da Psicologia com a sociedade brasileira e suas relações com a democracia e direitos humanos, Eixo 3 – Do Exercício Profissional.

Já o 4º grupo de trabalho reuniu as propostas de regionais de todos os eixos, isto é, aquelas que servirão como diretriz para a atuação apenas do CRP-RJ.

PLENÁRIA FINAL E ELEIÇÃO DE DELEGADAS (OS)

O último dia do evento foi marcado por mais debates nos grupos de trabalho (na parte da manhã) e, à tarde, aconteceu a plenária final, onde foi feita a eleição da delegação que representará o estado do Rio no CNP e também onde foi chancelado o trabalho realizado pelos quatro grupos de trabalho.

De acordo com o regulamento do 10º CNP, cada COREP poderá enviar um máximo de dez propostas nacionais de cada eixo, não havendo, porém, um limite para aprovação de propostas regionais. Assim, a plenária final referendou 30 propostas para o CNP – dez para cada eixo – e 47 propostas de âmbito regional.

Na sequência, foi feita a eleição de delegadas (os). Conforme o quórum de profissionais presentes na plenária final, poderiam ser eleitas (os) 29 psicólogas (os) para o CNP, sendo 23 dessas vagas para ampla concorrência e outras seis vagas reservadas para psicólogas (os) que se autodeclarassem negros, índios, quilombolas, membros da comunidade LGBTI ou pessoas com deficiência.

Foram eleitas para representar o Rio de Janeiro no CNP: Rodrigo Acioli Moura, Roseli Goffman, Evelyn Rebouças de Gouvêa, Pedro Paulo Gastalho de Bicalho, Conceição de Maria Gama Carvalho Mathias, Vanda Vasconcelos Moreira, Juliana Gomes da Silva, Viviane Siqueira Martins, Alexandre Trzan Ávila, Jacqueline dos Santos Soares, Júlia Horta Nasser, Josilene Márcia de Oliveira, Mônica Valéria Affonso Sampaio, Achiles Miranda Dias, Thiago Benedito Livramento Melício, Filipe Milagres Boechat, Gisele Silva Araújo, Ismael Eduardo Machado Damas, Janaína Sant’Anna, Débora Esteves Muller, Érika Barbosa de Araújo, Fabíola Foster de Azevedo, Tiago dos Santos, Jorge Antônio Tavares Peixoto, Manoel da Silva Leôncio, Geilson Simões da Silva, Luis Eduardo Miranda Soares, Jussara dos Santos Veiga e Pierre Monteiro Lessa.

As (os) delegadas (os) suplentes foram Francyne dos Santos Andrade, Alexandre Vasilenskas Gil, Roberta Brasilino Barbosa, Anelise Lusser Teixeira e Luana dos Santos Souza. Entre as (os) estudantes, foram eleitas (os) Vanessa Jabour Moreira Rodrigues e Marciel Souza dos Santos, sendo suplentes Thais da Silva Lourenço e Vinícius Marques Santiago.

Ainda na plenária final, foram apresentadas também as chapas que se inscreveram para concorrer na eleição para o CRP-RJ: “Ética e Democracia em Defesa da Psicologia”, “Renovação da Psicologia” e “MPA – Psicólogos em Ação”.