APAF Extraordinária acontece em Brasília com participação do CRP-RJ

Categoria(s):  APAF, Notícias   Postado em: 16/09/2015 às 14:44

SET2815bO Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro marcou presença na Assembleia de Políticas, Administração e das Finanças (APAF) nos dias 12 e 13 de setembro, no auditório do Conselho Federal de Psicologia, em Brasília.

Os representantes do CRP-RJ no encontro nacional do Sistema Conselhos de Psicologia, composto pelo CFP e mais 23 CRPs, foram o conselheiros José Novaes (CRP 05/980), Juraci Brito da Silva (CRP 05/28409), Alexandre Trzan Avila (CRP 05/), Viviane Siqueira Martins (CRP 05/32170) e Alexandre Nabor França (CRP 05/32345).

A APAF – que acontece normalmente duas vezes ao ano, em maio e dezembro – é a instância de deliberação das ações políticas do Sistema Conselhos de Psicologia de acordo com as diretrizes aprovadas no Congresso Nacional de Psicologia, que ocorre trienalmente.

Nesta edição extraordinária da APAF, foram debatidos e aprovados o tema, os eixos, o regulamento e o calendário para o 9º Congresso Nacional de SET2815b_02Psicologia (9º CNP), previsto para acontecer entre os dias 16 e 19 de junho de 2016 em Brasília.

A 9ª edição do CNP terá como tema “Psicologia, no cotidiano, por uma sociedade mais democrática e igualitária”. Durante a APAF, foram aprovados os seguintes eixos temáticos para o CNP:

Eixo 1 – Organização Democrática do Sistema Conselhos e aperfeiçoamento das estratégias de diálogo com a categoria e a sociedade;

Eixo 2 – Contribuições éticas, políticas e técnicas do processo democrático e da garantia de direitos;

Eixo 3 – Ampliação e qualificação do exercício profissional no Estado de garantia de direitos.O

O CNP é um processo de mobilização política das (os) psicólogas (os) de todos os estados brasileiros e envolve etapas regionais e nacional. Confira abaixo o calendário aprovado:

Lembramos que, para participar dos Pré-Congressos Livres, as (os) psicólogas (os) deverão respeitar as regras aprovadas na APAF.

Manifesto de repúdio

Ainda na APAF, os representantes dos Conselhos de Psicologia debateram a aprovaram a proposta do CRP-RJ de escrever uma nota de repúdio construída pelo Sistema Conselhos de Psicologia sobre os episódios de violência contra os índios kaiowás, no Mato Grosso do Sul. A nota foi construída por um grupo votado na APAF e composto por Alexandre França, do CRP-RJ, e representantes dos CRPs de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Tocantins.

Além disso, foi apresentado uma moção contra violência de gênero construído pelo CRP-16, do Espírito Santo. O CRP-RJ foi um dos Conselhos que assinou o manifesto.

Outras pautas debatidas durante a APAF foram: escuta de crianças e adolescentes, sistema socioeducativo e atuação das (os) psicólogas (os) no Sistema Prisional. Para todos os três temas foram criados Grupos de Trabalho, que deverão discuti-los e apresentar seus resultados na APAF de dezembro de 2015.

Outros temas ligados à pauta geral, “Psicologia e suas relações com a Justiça”, como as demandas e exigências de setores do Sistema Judiciário às (aos) profissionais da Psicologia, também foram debatidos. Esta APAF Extraordinária, ao discutir estes temas, avanços na construção de respostas para demandas da categoria, que se acumulam há já algum tempo, para orientações nas relações em setores do Judiciário.

Para assistir aos vídeos da APF, acesse o site do CFP, clicando aqui.

Setembro de 2015