11º COREP-RJ ELEGE A MAIOR DELEGAÇÃO DO BRASIL COM 24 DELEGADAS PARA O CNP

Categoria(s):  COREP, DESTAQUE DA SEMANA, Notícias, Últimas Notícias   Postado em: 20/04/2022 às 16:48

Confira aqui como foram os 3 dias do Congresso Regional de Psicologia do Rio de Janeiro

IMG_2360O Conselho Regional de Psicologia do Rio de Janeiro – CRP-RJ – promoveu, entre os dias 8 e 10 de abril, no Centro do Rio de Janeiro, a 11ª edição do Congresso Regional de Psicologia – COREP -, reunindo cerca de 156 delegadas, entre psicólogas e estudantes, vindas todas as regiões do estado.

Em três dias de evento, foram debatidas e votadas as 172 propostas aprovadas durante a etapa anterior, os Pré-Congressos, ocorridos entre outubro de 2021 e janeiro deste ano.

O 11º Corep-RJ também foi uma edição diferente das outras: atravessada pela pandemia da Covid-19, arrefecida devido à ampla vacinação da população, mas ainda trazendo riscos, a gestão do CRP-RJ realizou o evento presencial promovendo testagem gratuita para todas as participantes, além de incentivar o uso de máscaras em todos os ambientes.

Essa preocupação com a saúde de todas não podia ficar de fora da organização do principal evento de uma profissão que tem como maior prerrogativa o cuidado.

 

ABERTURA

 

O 11º Congresso Regional de Psicologia teve início com a fala de Julia Nasser (CRP 05/33796), conselheira e integrante da Comissão Organizadora – Comorg – do evento, que salientou: “mesmo que tenha sido um desafio executar 22 pré-Congressos totalmente online, tivemos uma boa participação da categoria nesse processo. Conseguimos fazer 20 eventos preparatórios e 23 pré congressos que contaram com cerca de 2 mil pessoas psicólogas e psicólogos. Nacionalmente, nós somos a maior delegação de psicólogas do COREP e esse foi um esforço de valorização da profissão e do processo”.

Em seguida, Rodrigo Acioli (CRP 05/33761), conselheiro do Conselho Federal de Psicologia, falou “é muita satisfação estarmos aqui representando o Conselho Federal, primeiro por estar nesse espaço e pela história dessa instituição e, em segundo lugar, é uma satisfação porque o COREP é um dos eventos mais importantes da Psicologia. Ele coloca em prática o ideal de termos uma profissão democrática e coerente, com as demandas sociais que vivemos”.

IMG_2362Por fim, Pedro Paulo Bicalho (CRP 05/26077), conselheiro presidente do CRP-RJ, trouxe uma contextualização histórica sobre a Psicologia e todos os processos participativos com os quais o Sistema Conselhos conduz a profissão. “Eu não conheço outra profissão que tenha um código de funcionamento democrático que, de forma sistemática, se organize em torno de congressos regionais e nacionais a fim de construir coletivamente deliberações para a profissão. Por isso, fica aqui o orgulho de um momento como esse, de ser psicólogo e de testemunhar a história da Psicologia brasileira construída a partir desse tipo de iniciativa”, ressaltou. “Foi em 1994 que ocorreu o I Congresso Nacional de Psicologia que foi uma iniciativa de extrema importância para a democratização da Psicologia, tornando a categoria cada vez mais próxima e participativa em relação às decisões e rumos da gestão nos Conselhos, e da própria profissão”, contou Bicalho.

Após a mesa de abertura, foi feita a eleição da mesa diretora para condução dos trabalhos durante o COREP, tendo sido eleitas as psicólogas Julia Nasser, Rodrigo Acioli e Cláudia Simões (CRP 05/30182).

 

Em seguida, o Regimento Interno do 11º COREP foi lido, votado e aprovado com modificações pela plenária, que elegeu também uma comissão eleitoral para acompanhar a apuração do processo de eleição das (os) delegadas (os) para o Congresso Nacional da Psicologia (CNP), que ocorrerá em Brasília.

 

GRUPOS DE TRABALHO

 

O 2º dia do 11º COREP foi marcado pelos debates das propostas. As (os) delegadas (os) dividiram-se em quatro grupos de trabalho para apreciar e aprovar as propostas a serem enviadas para votação final no CNP.

Cada grupo de trabalho reunia as propostas nacionais pertinentes a um dos três eixos temáticos do COREP, que são: Eixo 1: Organização Democrática e Participativa do Sistema Conselhos no Enfrentamento da Pandemia; Eixo 2: Defesa do Estado Democrático e dos Direitos Humanos via Políticas Públicas; Eixo 3: O fazer ético e científico da Psicologia no trabalho em saúde mental.

Já o 4º grupo de trabalho reuniu as propostas de regionais de todos os eixos, isto é, aquelas que servirão como diretriz para a atuação apenas do CRP-RJ.

 

PLENÁRIA FINAL E ELEIÇÃO DE DELEGADAS

IMG_2486O último dia do evento foi marcado por mais debates nos grupos de trabalho (na parte da manhã) e, à tarde, ocorreu a plenária final, com a eleição da delegação que representará o estado do Rio no 11º CNP. Também foi aprovado o trabalho realizado pelos quatro grupos.

De acordo com o regulamento do 11º CNP, cada COREP poderá enviar um máximo de dez propostas nacionais de cada eixo, não havendo, porém, um limite para aprovação de propostas regionais. Assim, a plenária final referendou 30 propostas para o CNP – dez para cada eixo – e 58 propostas de âmbito regional.

Na sequência, foi feita a eleição de delegadas. Conforme o quórum de profissionais presentes na plenária final, poderiam ser eleitas 24 psicólogas para o CNP, sendo 16 dessas vagas para ampla concorrência e outras oito vagas reservadas para psicólogas que se autodeclarassem negros, índios, quilombolas, membros da comunidade LGBTI ou pessoas com deficiência.

A delegação do Rio de Janeiro também está bem representada pelas diversas regiões do estado, confirmando a mobilização da categoria e reafirmando a diversidade e a descentralização da Psicologia fluminense.

Foram eleitas para representar o Rio de Janeiro no CNP: Céu Silva Cavalcanti (Rio), Julia Horta Nasser (Rio), Caíque Azael Ferreira da Silva (Rio), Conceição de Maria Gama Carvalho Mathias (Campos), Pedro Paulo Gastalho de Bicalho (Rio), Maycon da Silva Pereira (Cabo Frio), Juliana Gomes da Silva (Baixada), Victoria Antonieta Tapia Gutiérrez (Região Serrana), Francyne dos Santos Andrade (Região Serrana), Viviane Siqueira Martins (Baixada), Micael Jayme Casarin Castagna (Rio), Thaís Vargas (Rio), Jorge Peixoto (Baixada), Claudia Simões Carvalho (Rio), Mônica Valéria Affonso Sampaio (Baixada), Rodrigo Acioli Moura (Rio), Erika Barbosa de Araújo (Baixada), Assucena Alves dos Santos Assis (Baixada), Lucas Gabriel de Matos Santos (Rio), Thaís Lourenço (Baixada), Luciana Janeiro Silva (Baixada), Marinaldo Silva Santos (Rio), Yvanna da Silva Brito (Baixada) e Luiz Antônio Braga de Farias Júnior (São Gonçalo).

As delegadas suplentes foram: Ismael Damas (Região Serrana), Héder Lemos Bello (Rio), Filipe Degani Carneiro (Rio), Débora Esteves Müller (Rio), Thiago Benedito Livramento Melicio (Rio), Isabel Scrivano Martins (Rio), Maira Amaral de Andrade (Baixada), Claudia Ferreira Pinto da Silva, Janaina Sant Anna Barros da Silva e Carina Augusto da Cruz (Baixada).

Para conferir o número de vagas com o qual foi eleita cada delegadas, clique aqui.

As delegadas estudantes titulares foram Suelen de Lima Thomaz Saturnino  e Mykaella Moreira dos Anjos. As suplentes: Mariana Patrocinio Melo de Souza e Viviane Nogueira Reis.

 

Ainda na plenária final, foram apresentadas também as chapas que se inscreveram para concorrer na eleição para o CRP-RJ: “Ética e Democracia em Defesa da Psicologia”.

IMG_2419